Por fernanda.magalhaes

São Paulo - Um bandido deixou um bilhete com pedido de desculpas e de bênçãos na agenda de uma paisagista de 25 anos que teve o seu carro, um Toyota Corolla, roubado no último sábado, em Campinas. 

No recado, o bandido disse que havia bisbilhotado a bolsa e percebido que a paisagista tinha documentos importantes, por isso deixaria o acessório com tudo dentro em um local seguro onde alguém lhe entregaria. "Quando vi o bilhete não acreditei", disse a paisagista, que teve o carro encontrado abandonado na rua, no Jardim San Diego, na manhã de desta quarta-feira. "Ainda bem que achamos o carro porque o seguro estava atrasado", comentou.

Martelo e revólver

A paisagista mora em Paulínia e foi roubada por um bandido armado de martelo e revólver quando esperava um primo perto do Terminal dos Amarais, no Jardim Santa Mônica. A vítima está grávida de quase quatro meses e estava na companhia do filho de 10 anos.

O bandido era acompanhado por uma picape Fiat Strada. Ele fugiu com o Corolla, uma máquina fotográfica e a bolsa. "Tinha cartão de pré-natal, certidão de nascimento do meu filho, ultrassom, cartões bancários, cheques", elenceou a vítima.

Dinheiro e pen drive

A bolsa foi recuperada faltando um pen drive e R$ 380. A mulher que achou a bolsa disse para a vítima que o acessório estava em um ponto de ônibus no mesmo local do roubo. Ela teria encontrado o telefone da vítima na agenda e ligado na madrugada do domingo avisando do achado. Um primo da paisagista foi no encontro para pegar a bolsa.

A paisagista disse que pagou uma recompensa porque ela ficou com medo e estranhou o fato da mulher fazer suspense em relação ao encontro da bolsa e também para devolução. Já o carro da vítima foi achado sem o estepe, com os pneus furados e todo revirado por uma grupo, que chamou a PM.

Você pode gostar