Amapá corrige para quatro o número de desaparecidos após rompimento de barragem

Acidente ocorreu por volta das 3h da manhã deste sábado causado pelo rompimento de uma braçadeira de uma barragem do rio

Por fernanda.magalhaes

Amapá - A Secretaria de Comunicação do governo do Amapá corrigiu no início da noite deste sábado a informação de que 11 pessoas desapareceram por causa de um rompimento na barragem da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio, no município de Laranjal do Jari (AP). Segundo a secretaria, há quatro desaparecidos.

O acidente ocorreu por volta das 3h da manhã deste sábado, causado, segundo as primeiras informações, pelo rompimento de uma braçadeira da parte de uma barragem de desvio do rio. O barranco cedeu sobre um guindaste e não atingiu moradias, pois trata-se de uma barragem secundária, distante das vilas.

O Corpo de Bombeiros da 7ª Companhia, com base em Laranjal do Jarí, fez o atendimento e equipes de mergulhadores de Macapá foram enviadas para ajudar nas buscas dos trabalhadores desaparecidos.

Segundo nota do governo do estado, todas as providências relativas à segurança já foram tomadas e somente após realizada a perícia pela Polícia Técnico-Científica do Amapá e pelo Corpo de Bombeiros será possível afirmar as causas do acidente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia