CPI pede indiciamento de 37 pessoas por exploração sexual de crianças

Um dos projetos eleva a pena para os casos de estupro de vulneráveis, quando as vítimas têm menos de 14 anos

Por leonardo.rocha

Rio - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou a exploração sexual de crianças e adolescentes pediu o indiciamento de 37 pessoas por envolvimento com grupos ligados ao crime. Os deputados aprovaram esta quarta-feira o relatório final da comissão.

De acordo com a relatora, deputada Liliam Sá (PROS-RJ), além dos indiciamentos, o relatório propõe 11 projetos de lei destinados a coibir o crime e garantir atendimento às vítimas.

Um dos projetos eleva a pena para os casos de estupro de vulneráveis, quando as vítimas têm menos de 14 anos. O relatório pede aumento do orçamento para o sistema de denúncias de exploração sexual, o Disque 100.

A deputada adiantou que a comissão vai pedir ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a criação de uma comissão permanente para acompanhar problemas ligados à infância e adolescência.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia