Por felipe.martins

Brasília - Com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT oficializa hoje, em Brasília, a candidatura à reeleição da presidenta Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer, do PMDB. Em seu discurso na convenção, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, vai fazer ataques velados aos adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), que significariam, segundo ele, retrocesso.

Falcão vai defender ainda a regulação da mídia, além de explorar os xingamentos dirigidos à Dilma na abertura da Copa do Mundo, no Itaquerão, pelas “classes dominantes”. “O tiro saiu pela culatra. Nossa presidenta foi cercada, sim, pela solidariedade unânime dos que condenam a violência, a vilania, as proclamações de ódio”, afirma trecho do discurso de Falcão, que será distribuído hoje na convenção.

Você pode gostar