Polícia investiga tentativa de explosão de viga do monotrilho em São Paulo

Artefato se tratava de duas bananas dinamites antigas, sem detonador

Por tamara.coimbra

São Paulo - A Polícia Civil investiga um atentado a bomba frustrado contra as obras do monotrilho da Linha 15-Prata, na Zona Leste de São Paulo, na madrugada do último dia 29. Duas bananas de dinamite foram coladas em uma das colunas da estrutura do monotrilho, previsto para ser inaugurado em setembro, na Avenida Sapopemba.

Artefato na coluna do monotrilho em construçãoReprodução

De acordo com o laudo do Grupo de Ações Táticas Especiais, o artefato se tratava de duas bananas dinamites antigas, sem detonador. Segundo o diretor do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas, o material poderia ser acionado, mas não teria potencial para derrubar ou abalar a estrutura da coluna.

O delegado do caso, acredita que um "grupo de desordeiros" colocou a bomba para chamar a atenção, já que o país vive uma onda de protestos em meio a disputas políticas e críticas aos gastos públicos com a Copa do Mundo.

Obras

Após vários atrasos para entrega da obra, que está sendo realizada desde 2010, o governo promete entregar o primeiro trecho, com 2,9 km, da Linha 15 ainda neste mês. O monotrilho pronto terá 26,6 km de comprimento e 18 estações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia