Professora é agredida ao tentar separar briga de alunos em São Paulo

Um estudante registrou a agressão com celular durante aula de inglês da 7ª série em escola de Ribeirão Preto

Por leonardo.rocha

Ribeirão Preto - Uma professora de inglês foi agredida na última quinta-feira ao tentar apartar uma briga de dois alunos dentro da sala de aula, na Escola Estadual Professor Walter Paiva, em Ribeirão Preto, São Paulo. Segundo a Polícia Civil, a educadora registrou um boletim de ocorrência, mas os estudantes da 7ª série - entre 13 e 14 anos - não sofreram nenhum tipo de advertência ou punição por parte do colégio.


Um aluno que estava na sala de aula gravou a agressão e o vídeo foi postado no site Youtube. As imagens mostram uma adolescente provocando um colega de classe, que está sentado na carteira. Em seguida, o adolescente levanta e os dois começam a trocar socos e chutes. A professora pede para que os dois parem, mas não é obedecida. Sem sucesso, ela tenta apartar a briga e acaba sendo agredida com socos na cabeça. A briga continua, até que a docente retorna e consegue separa-los.

A diretora de ensino de Ribeirão Preto, Simone Maria Locca, declarou que nenhuma providência foi tomada até o momento porque o caso é recente, mas afirmou que os pais dos alunos foram informados do caso. Uma reunião do conselho da escola - formado por professores, funcionários, alunos e a direção da unidade - foi marcada para esta terça-feira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia