Vídeo da campanha de Eduardo Campos vaza na internet

Então candidato à presidência questiona e ataca aliados do PT em suposto vídeo de campanha

Por leonardo.rocha

Rio - Um vídeo que supostamente seria usado na campanha do candidato à presidência Eduardo campos (PSB), morto nesta quarta-feira, em um acidente de avião, em São Paulo, foi publicado nesta sexta-feira no Youtube. O material mostra Campos em um programa de auditório ao lado de sua então vice, Marina Silva.

No vídeo, que também foi publicado em seu site de campanha há duas semanas, o então candidato à Presidência ataca aliados ao PT. “A presidente Dilma criou 39 ministérios, deu ministério a um afilhado de (José) Sarney, outro a um afilhado de Renan (Calheiros). E ela passou um bocado de tempo sem conseguir votar nada que ela queria porque eles queriam mais", afirma.


O vídeo do candidato morto na quarta-feira, aparentemente não tinha sido concluído, porque não informa o número da chapa.

Próximos passos do PSB

O comando do PSB convocou uma reunião da Executiva Nacional do partido para a próxima quarta-feira, em Brasília, destinada a resolver o futuro da candidatura da sigla à Presidência da República. Informalmente, esse é também o prazo estipulado pelos dirigentes do PSB para a ex-senadora Marina Silva decidir se aceita encabeçar a chapa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia