Polícia de São Paulo pedirá prisão de vereador por agredir palmeirense

Vereador já foi flagrado agredindo um policial durante partida entre Corinthians e Vasco em 2013

Por tamara.coimbra

São Paulo - A Polícia Civil de São Paulo vai pedir à Justiça a prisão temporária do vereador e corintiano Raimundo César Faustino (PT), por suspeita de agredir o torcedor palmeirense Gilberto Torres Pereira, de 30 anos, neste domingo, na Grande São Paulo.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde informou na manhã desta segunda-feira que o estado de saúde do palmeirense é considerado "muito grave". Ele sofreu traumatismo craniano, passou por cirurgia e está na UTI do Hospital Estadual de Franco da Rocha. De acordo com a polícia, Pereira foi agredido com pedaços de madeira por um grupo de corintianos, na tarde deste domingo.

Raimundo Faustino, vereador em Francisco Morato, já foi flagrado agredindo um policial durante partida entre Corinthians e Vasco no Estádio Mané Garrincha, em 2013. O parlamentar foi visto por policiais militares em meio ao tumulto neste domingo e teria fugido após o confronto. Segundo a Polícia Civil, se ele não se apresentar, nos próximos dez dias, a prisão preventiva deverá ser solicitada.

Seis pessoas foram presas em flagrante. Os torcedores suspeitos de envolvimento no ataque à Pereira serão indiciados por rixa, lesão corporal e tentativa de homicídio.

Com informações da Agência Brasil

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia