Policiais civis da Bahia paralisam atividades por 72 horas até quinta-feira

Profissionais protestam contra mortes de policiais, falta de estrutura e diferenças salariais entre categorias da polícia

Por tamara.coimbra

Bahia - Os policiais civis da Bahia paralisam as atividades por 72 horas a contar das 8h desta segunda-feira até as 8h de quinta-feira. A paralisação foi decicida em assembleia no último dia 30.

Segundo o Sindpoc, sindicato que representa a categoria, a paralisação é em protesto aos casos de homicídios contra policiais, a falta de estrutura nas unidades policiais, diferenças salariais entre as categorias e o atraso na publicação que regulamenta as promoções.

Ainda de acordo com o sindicato, 17 policiais foram mortos entre janeiro e julho deste ano.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia
Policiais civis da Bahia paralisam atividades por 72 horas até quinta-feira O Dia - _legado_Brasil

Policiais civis da Bahia paralisam atividades por 72 horas até quinta-feira

Profissionais protestam contra mortes de policiais, falta de estrutura e diferenças salariais entre categorias da polícia

Por tamara.coimbra

Bahia - Os policiais civis da Bahia paralisam as atividades por 72 horas a contar das 8h desta segunda-feira até as 8h de quinta-feira. A paralisação foi decicida em assembleia no último dia 30.

Segundo o Sindpoc, sindicato que representa a categoria, a paralisação é em protesto aos casos de homicídios contra policiais, a falta de estrutura nas unidades policiais, diferenças salariais entre as categorias e o atraso na publicação que regulamenta as promoções.

Ainda de acordo com o sindicato, 17 policiais foram mortos entre janeiro e julho deste ano.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia