Mulher que teve traumatismo craniano após cotovelada recebe alta de hospital

Fernanda Regina Cézar foi brutalmente agredida por Anderson Tingo de Oliveira na cidade de São Roque, no interior paulista

Por victor.duarte

São Paulo - Duas semanas depois de ter sido internada com traumatismo craniano, a auxiliar de produção Fernanda Regina Cézar teve alta do Hospital Regional de Sorocaba, no interior paulista, na noite de segunda-feira. A informação foi confirmada ao iG por funcionários da instituição, nesta terça.

Fernanda foi violentamente agredida com uma cotovelada pelo comerciante Anderson Tingo de Oliveira, 34 anos, na frente de uma casa noturna de São Roque, no interior paulista, no último dia 16 de agosto. A agressão, que levou a vítima a cair desmaiada na rua, ganhou repercussão nacional graças a imagens do circuito de segurança de uma loja de motos ao lado do local. O agressor foi preso.

Câmera de segurança flagrou homem agredindo mulher na noite de São Paulo. Ela sofreu traumatismo cranianoReprodução Internet

Nas imagens é possível ver que Fernanda discute com um outro rapaz de blusa branca e capuz. Depois, se aproxima do comerciante, fala com ele e é atingida pela cotovelada. Com o impacto, ela cai no chão. Algumas pessoas que estavam ao redor se aproximaram e pediram socorro.

As imagens ainda mostram que Oliveira continuou no local, mas não se aproximou da vítima. Depois de um tempo, os bombeiros chegaram, a mulher foi imobilizada e levada para a ambulância.

O hospital não confirmou mais informações sobre a paciente, apenas afirmou que Fernanda foi à casa de parentes no interior.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia