Círio de Nazaré reúne 2 milhões de pessoas nas ruas de Belém

Os romeiros participam da procissão para pagar promessas, pedir graças e homenagear a padroeira do Pará

Por tamara.coimbra

Pará - A maior manifestação religiosa da América Latina reuniu, hoje, mais de 2 milhões de pessoas em romaria pelas ruas de Belém, no Pará. O Círio de Nazaré é considerado uma das maiores procissões católicas do mundo. Além do evento principal, a Romaria da Trasladação, que ocorreu no sábado à noite, reuniu mais de 1 milhão de fiéis, segundo estimativa da Polícia Militar.

Multidão de mais de dois milhões de fiéis participou da procissãoTarso Sarraf / Estadão Conteúdo

A concentração se iniciou às 5h com uma missa celebrada pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, em frente à Igreja da Sé, no bairro da Cidade Velha. A celebração teve ainda a participação dos Arcebispos Auxiliares, Dom Teodoro Mendes e Dom Irineu Roman.

Os romeiros do Brasil, com destaque para o interior do estado, e do exterior participam da procissão para pagar promessas, fazer pedidos e homenagear a padroeira do Pará, considerada Rainha da Amazônia, Nossa Senhora de Nazaré. Algumas pessoas percorrem o trajeto de aproximadamente 3,6 km de joelhos ou carregam maquetes de casas na cabeça como forma de pedir sua casa própria.

Uma das peculiaridades da festa é a corda que ajuda a puxar a berlinda onde fica a imagem da santa. Com 400 metros de comprimento, os romeiros, descalços, disputam para conseguir puxá-la e, com isso, pagar suas promessas. Durante as mais de seis horas da procissão, são muitos os romeiros que passam mal e precisam ser socorridos. Para isso, milhares de voluntários, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Corpo de Bombeiros e da Cruz Vermelha, ajudam as pessoas que não aguentam o esforço e as retiram do meio da multidão.

A HISTÓRIA

O Círio de Nazaré está completando 222 anos. Tudo começou em 1792, quando um caboclo chamado Plácido encontrou a imagem da Nossa Senhora de Nazaré às margens de um igarapé. Ao levar a santa para casa, a imagem teria regressado sozinha ao mesmo igarapé, fato ocorrido por vários dias seguidos. O Círio 2014 recebeu o Título de Patrimônio Imaterial da Humanidade, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Estima-se que o impacto causado pelo Círio 2014 na economia paraense alcance quase R$ 950 milhões, segundo estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese/PA).

Centenas de embarcações participaram ainda da 29ª edição da Romaria Fluvial na manhã de sábado. Dentro do Círio das Águas, a cantora Fafá de Belém realizou mais uma edição especial do seu evento ‘Varanda de Nazaré’, realizado há quatro anos. O carismático Padre Fábio de Melo também participou da festividade.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia