Por tamara.coimbra

São Paulo - Uma reportagem deste domingo revelou um áudio que mostra os detalhes da última troca de mensagens dos pilotos do avião Cessna que matou Eduardo Campos e sua equipe, em um acidente aéreo ocorrido em agosto, na cidade de Santos (SP). A matéria do programa Fantástico, veiculada pela TV Globo, divulga que no primeiro contato com a base aérea de Santos, o Cessna que levava o candidato do PSB voava alto e registrava condições climáticas normais para fazer o pouso em pista do litoral paulista.

Contrato de jato usado por Campos não tem nome de comprador, diz jornal

Despedida de Campos teve fogos e ares de ato político

Eduardo Campos morre no mesmo dia do avô Miguel Arraes

Peritos e bombeiros fazem vistoria e buscam restos mortais no local do acidente que matou Eduardo CamposFoto%3A Reuters

Após 18 minutos do primeiro contato, mostrou o áudio, o avião desceu próximo à pista para pouso. Dois minutos depois, o piloto se confundiu ao passar o código do avião (PR-AFA) e avisou que iria arremeter (quando o avião retoma a altura e desiste do pouso).

"Devido a condições, vamos aguardar e chamar novamente, ok?", avisou o piloto por volta das 10h, as últimas palavras registradas pelo contato com a base aérea.

Após a mensagem, o operador de rádio tentou contato com a aeronave por 10 vezes, sem obter qualquer resposta, até a confirmação do desaparecimento do avião, antes da queda sobre uma área residencial em Santos.


Você pode gostar