Pesquisa aponta que brasileiros acham que professores são pouco valorizados

Para entrevistados, valorização do professor e segurança são os fatores mais importantes para a qualidade de ensino

Por hugo.pernet

São Paulo - O professor brasileiro é menos valorizado pelo governo do que deveria para 85% dos brasileiros. Para 76%, a profissão também é menos valorizada do que deveria pela população. Os dados são da pesquisa "A Educação e os Profissionais da Educação", feita pelo Data Popular e divulgada neste sábado.

O levantamento, feito a pedido da Confederação Nacional dos Trabalhadores de Educação (CNTE), entrevistou 3.000 pessoas de todo o País. As escolas públicas do país estão longe de ter uma educação de qualidade, segundo a opinião de 59% dos entrevistados. Apenas 6% consideraram o ensino da rede pública boa. Outros 33% acham que as escolas estão perto de oferecer uma boa educação.

No Brasil, salário de professor é metade do que recebem outros profissionais

Alunos perdem um dia de aula por semana com desperdício de tempo

Maioria dos brasileiros acha que escola pública está longe de ter educação de qualidadeAgência Brasil

Falta de segurança é grande problema da escola

Perguntados qual era o principal problema da educação pública no País, 28% citou a falta de segurança. A presença de alunos desrespeitosos apareceu em 15% das entrevistas. Para 9% da população, professores desmotivados e baixos salários dos docentes são o grande problema educacional. Na pesquisa, a segurança e a valorização profissional apareceram como os fatores mais importantes para que uma escola tenha o ensino de qualidade.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia