Participante de bolão da Mega-Sena briga na Justiça por prêmio de R$ 20 mi

Comerciante de Goiânia vendeu loja de produtos e, atualmente, ganha cerca de R$ 2 mil reais costurando lençóis

Por victor.duarte

Goiás - O vencedor do prêmio de R$ 80 milhões da Mega-Sena da Virada, sorteado no fim de 2012, ainda gera confusão. Uma comerciante de Goiânia está brigando na Justiça para tentar receber parte do prêmio. A mulher, que não quis ser identificada, afirma que participou de um bolão com outras três pessoas, mas não recebeu a quantia que tinha direito, que é um total de R$20,3 milhões.

O organizador do bolão alega que a mulher não pagou sua cota da aposta. Por isso, pegou R$ 40 milhões para si e dividiu o restante para outras duas pessoas. Como resposta, a comerciante garante que pagou a aposta e até conseguiu o bloqueio judicial do valor que acredita ter direito.

A mulher era dona de uma loja de produtos agropecuários no Setor Jardim América, região sudoeste de Goiânia, mas teve que vender o estabelecimento por causa do assédio das pessoas que achavam que ela era a vencedora do prêmio. Atualmente, a mulher ganha cerca de R$2 mil reais costurando lençóis.

O advogado da comerciante disse que o processo está em fase final de sentença e que o patrimônio é uma quantia vultuosa que foi distribuída para dificultar a localização desses valores por parte do Poder Judiciário.

Caso receba o valor, a mulher disse que irá comprar uma casa para cada um dos cinco filhos e, em seguida, realizará o grande sonho de viajar e conhecer o mar.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia