Mais Lidas

TSE acaba com o sigilo bancário dos partidos políticos

Bancos terão de enviar extrato de siglas

Por bferreira

Brasília - Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) torna mais rigorosa a fiscalização das contas dos partidos políticos. Editada no dia 30, a resolução acaba, na prática, com o sigilo bancário dos partidos, ao obrigar os bancos a enviar mensalmente extratos das contas das legendas à Justiça Eleitoral.

A saúde dos pequenosArte%3A O Dia

Pela nova regra, os partidos passarão a ter três contas: uma para a movimentação do fundo partidário; uma para doações de campanha; e uma terceira para “outros recursos”, que abrangem contribuições destinadas à constituição de fundos próprios, sobras de campanha, venda de produtos e realização de eventos, entre outros. Os extratos fornecidos deverão seguir normas específicas do Banco Central e as doações ter identificação do CPF ou CNPJ do doador.

Segundo o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, a entrega de extratos mensais à Justiça Eleitoral é o primeiro passo para o acompanhamento online de todas as movimentações dos partidos políticos.
Com essa obrigatoriedade, a Justiça Eleitoral espera ter mais facilidade na análise das contas dos partidos.

Até agora, as legendas geralmente emitiam à Justiça Eleitoral demonstrativos contábeis, apresentando os extratos somente em casos de auditorias especiais.

A resolução do TSE traz outras inovações sobre contas dos partidos. É o caso dos recibos de doações, que serão emitidos a partir do site do TSE com numeração sequencial por partido.

A partir do ano que vem, as prestações de contas nacionais dos partidos passarão a ser enviadas num novo sistema digital, que permite a tabulação e o cruzamento de dados. A primeira prestação no novo sistema será enviada em abril de 2016, prazo final para a entrega dos balanços de 2015.

No caso dos diretórios estaduais dos partidos, o sistema será implantado para as contas de 2016, enviadas à Justiça em abril de 2017.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia