Governo lança programa contra abusos na internet

Meta principal é coibir mensagens ofensivas, como as racistas e as homofóbicas

Por fernanda.macedo

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff lançou o Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na Internet, um conjunto de medidas com objetivo de coibir abusos, como divulgação de ofensas ou mensagens racistas e homofóbicas pela internet. Segundo ela, o objetivo é garantir a liberdade de expressão, mas sem permitir que o anonimato da rede seja usado para desrespeitar direitos individuais ou coletivos. “É tarefa urgente conciliar liberdade de expressão com a garantia de direitos individuais com respeito à diversidade”, afirmou a presidenta.

'Somos a favor do bom debate, do respeito e da convivência democrática entre todos', disse a presidentaAndré Luiz Mello / Agência O Dia

Entre as medidas propostas estão a criação de um portal para receber denúncias de violação de direitos pela internet e criação de uma estrutura para investigá-las. Além disso, está prevista a divulgação de normas de segurança para pessoas que acessam a rede.

O principal alvo do Pacto é a identificação e punição dos responsáveis pela veiculação de pornografia com crianças, de mensagens racistas e homofóbicas e de discriminação a grupos específicos, como as mulheres. “As redes sociais têm sido palco de manifestações de caráter ofensivo, preconceituoso, discriminatório e de grave intolerância, escondidas no anonimato que as redes sociais permitem ou o distanciamento que promovem”, afirmou a presidenta Dilma.

Segundo ela, o governo tem a obrigação de conciliar a liberdade de expressão e de informação com os direitos individuais, o combate à discriminação e ao incentivo à violência. De acordo com o governo, no país, 85,9 milhões acessam a internet.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia