Comissão do Senado aprova liberação de inibidores de apetite

Projeto agora seguirá para votação no Plenário. Desde outubro de 2011, esses remédios são proibidos pela Anvisa

Por gabriela.mattos

Brasília - A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou, nesta quarta-feira, a liberação de medicamentos inibidores de apetite. De autoria do deputado Felipe Bornier (PSD/RJ), o projeto de lei agora seguirá para votação no Plenário. Desde outubro de 2011, os inibidores de apetite foram suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O projeto libera a produção, a venda e o uso de quatro inibidores de apetite: femproporex, mazindol, anfepramona e sibutramina. Recentemente, o Senado suspendeu uma resolução da Anvisa que cancelou em 2011 o registro de medicamentos com anfetamínicos.

Inibidores de apetite são proibidos desde 2011 pela AnvisaReprodução Internet

Em nota, o parlamentar disse que esses remédios podem ajudar os pacientes que precisam de um tratamento contra a obesidade. Bornier ainda ressalta que, com a proibição da Anvisa, houve um aumento da procura por cirurgias bariátricas. "Além disso, aumentou também a compra de remédios no mercado negro", acrescentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia