Instituições de saúde serão obrigadas a notificarem manchas na pele de grávidas

Objetivo é evitar o surto de microcefalia no RJ

Por rafael.souza

Rio de Janeiro - A partir de agora é obrigatório! O governo do Rio de Janeiro publicou nesta quarta-feira uma resolução estadual que obriga instituições de saúde – públicos e privados - a notificarem casos de gestantes com manchas vermelhas na pele. Esse é um procedimento adotado para evitar um possível surto de Zika Vírus no estado.

De acordo com a Secretaria estadual de Saúde, independente dos meses de gravidez da gestante, os casos devem ser notificados em até 24 horas, após o atendimento da paciente. O comunicado deverá ser feito através dos telefones: (21) 2333-3993, (21) 2333-3996, ou (21) 98596-6553. Pelo e-mail notifica@saude.rj.gov.br ou pelo formulário online disponível nos sites www.riocomsaude.com.br/exantema ou  http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=23642.

A SES prepara ainda uma campanha de prevenção e combate a focos do mosquito Aedes Aegypti.

Microcefalia no Nordeste

Arte MicrocéfaliaReprodução Internet

Na semana passada, o Ministério da Saúde decretou estado de emergência em saúde pública após um aumento dos casos de microcefalia no Nordeste do país. De acordo com um balanço divulgado, na noite dessa terça-feira, pela Secretaria de saúde do Rio Grande do Norte, o estado teve 47 notificações de recém-nascidos com microcefalia - condição rara de ter o crânio do tamanho menor que o normal. Antes, o Ministério da Saúde havia divulgado 39 casos no RN. Após reunião, a pasta anunciou que o número de casos confirmados havia subido para 47.

Dados epidemiológicos reunidos até a última segunda-feira pelo Ministério da Saúde mostrou que em 2015 foram registrados 399 casos, em sete estado. Segundo o órgão, o aumento dos casos da doença neste ano pode estar ligado ao surto recente de Zika Vírus registrado no Nordeste.  

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia