Medida para evitar fraudes no INSS

Aposentado que trocar de cidade fica 60 dias sem crédito

Por bferreira

Rio - O INSS adotou mais uma medida para evitar fraudes nas operações de crédito consignado. O aposentado que mudar de cidade e passar a receber o benefício em outro banco terá que cumprir um período de 60 dias sem pegar empréstimo. Ele será obrigado a esperar até que a margem consignável seja liberada. O novo procedimento entrou em vigor no dia 12 de julho.

De acordo com o INSS, foram detectadas tentativas de fraudes em vários estados do país, com aposentados que mudavam de endereço residencial para outro município. Ao chegar na nova cidade, eles pediam o cancelamento do empréstimo inicial e davam entrada em uma nova operação de crédito no banco novo.

A medida do INSS vale também para aqueles segurados que mesmo sem ter empréstimos consignados mudaram de município ou estado. Neste caso, ele terá que esperar por 60 dias para dar entrada no pedido de crédito.

O INSS informou ontem que para os aposentados que mudam de banco, mas permanecem no mesmo endereço residencial nada vai mudar. Mesmo migrando para outra instituição financeira que paga o benefício, eles vão poder dar entrada no pedido de empréstimo com desconto em folha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia