Coluna do servidor: Simulador vai calcular renda

RJ Prev vai lançar novidade em breve para que os servidores calculem como vão ficar as suas aposentadorias

Por thiago.antunes

Rio - O RJ Prev (Fundação de Previdência Complementar do Estado do Rio de Janeiro) vai lançar em breve um simulador para que os servidores calculem como vão ficar as suas aposentadorias, de acordo com as novas regras lançadas na última quarta-feira.

O serviço poderá ser acessado no site www.rjprev.rj.gov.br. A página já está no ar e contém informações que podem ser usadas para esclarecer as principais dúvidas. A simulação também será permitida aos atuais servidores ativos que recebem acima do teto do INSS (R$ 4.159) e que podem aderir ao fundo.

Para quem não quiser aderir, continuam as regras atuais. Já quem tomou posse desde o dia 4 e tem vencimento acima do limite previdenciário contribui com 11% para o Rio Previdência. Sobre a parcela que exceder o teto, o servidor poderá descontar 5,5%, 6,5%, 7,5% ou 8,5% para o RJ Prev.

O estado vai entrar com contrapartida de igual valor. Atualmente, o total de servidores civis que recebe acima do teto soma 164.200 funcionários, incluindo os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), o que representa 23,88%.

As principais categorias que têm vencimentos acima do teto do INSS são magistrados, procuradores do estado, defensores públicos, auditores fiscais, delegados de polícia, especialistas em políticas públicas e gestão governamental, analistas de planejamento e orçamento, analistas judiciários e analistas de controle externo.

Sem dependências

O presidente do Rio Previdência, Gustavo Barbosa, citou uma das principais mudanças: “Após 35 anos de contribuições, haverá recursos suficientes para pagar as aposentadorias, terminando a dependência da Previdência para com o Tesouro Estadual e os royalties do petróleo”.

Sustentabilidade

Secretário de Planejamento, Sérgio Ruy Barbosa acrescentou que foi criado um novo fundo dentro do Rio Previdência, “que vai nascer equilibrado e vai se conjugar com o RJ Prev para gerar a sustentabilidade do sistema previdenciário dos novos servidores”.

Contas individuais

O presidente do RJ Prev, Halan Morais, explicou que “o servidor terá no Plano RJPREV-CD contas previdenciárias individuais, nas quais serão depositadas todas contribuições e as do seu patrocinador (órgão vinculado). Os rendimentos serão consultados em extratos impressos e on-line.

As coberturas

Vão ser oferecidos ainda casos específicos de coberturas como de aposentadorias programadas, aposentadorias por invalidez, pensões por morte dos servidores ativos ou aposentados, além de benefícios suplementar e de sobrevivência.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia