Sucesso nas compras: Garantia do aluguel

Uma das maiores dificuldades na hora de alugar um imóvel é conseguir fiador ou fazer depósito antecipado

Por bferreira

Rio - Uma das maiores dificuldades na hora de alugar um imóvel é conseguir fiador ou fazer depósito antecipado. A alternativa mais confortável para todos os envolvidos no processo é optar pelo Seguro Fiança Locatícia, em que o inquilino tem a garantia de uma seguradora e o proprietário do imóvel é o único beneficiário. Além de ser mais seguro, a modalidade facilita o fechamento de contrato de aluguel. Saiba como contratar o serviço.

Por Marco Quintarelli

PERGUNTA E RESPOSTA

“Tenho que alugar um imóvel para montar minha empresa, mas meus irmãos não podem ser meus fiadores. Também não tenho o valor de três meses do aluguel para dar de caução, como meu locador pediu. Pode me dar uma dica?”

Luiz Gustavo, Tijuca

Luiz, muitos inquilinos passam por uma grande dificuldade e, eu diria, até muito constrangimento na hora de alugar um imóvel. Seja para montar sua empresa ou até mesmo para morar, ter que pedir para um amigo ou familiar ser fiador é realmente complicado. Pode criar até animosidade entre todos.

Atualmente, a maioria das seguradoras tem um tipo de seguro que protege os envolvidos nessa relação: inquilino, proprietário e imobiliária, caso exista. É o chamado Seguro Fiança Locatícia . É uma das modalidades de garantia previstas na Lei do Inquilinato, que pode ser contratado por meio de apólice de seguro, em que o inquilino é garantido por uma seguradora e o proprietário é o segurado e único beneficiário.

Dispensa a ainda a necessidade de fiador e depósito caução para o aluguel. A análise cadastral é individual, com sigilo das informações, além de opções de formas de pagamento do seguro. Isto facilita a vida do locador e dá mais garantias para o locatário.

Além disso, garante para quem busca um imóvel o pagamento do aluguel, encargos, IPTU, condomínio, multas contratuais, danos causados e até contas de água, luz e gás canalizado, entre outras despesas, caso existam.

O valor do seguro pode variar de acordo com a análise de crédito feita pela seguradora e difere também se for feito em nome de pessoa física ou jurídica. Geralmente, o custo do seguro de pessoa jurídica é um pouco mais baixo , devido ao menor risco de inadimplência.

Marco Quintarelli é consultor do Grupo AZO. Segunda-feira, Sucesso nos Concursos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia