Por bferreira

Rio - Estar preparado para o dia da prova é tão importante para a aprovação quanto manter os estudos em dia. Além de cuidar do lado emocional, é preciso prestar atenção a algumas questões práticas, que podem até mesmo impedir os candidatos de participarem da avaliação.
Em primeiro lugar, está a pontualidade. Não são tolerados atrasos nos concursos, por isso, é aconselhável se programar para chegar ao local de prova com pelo menos uma hora de antecedência.

Para ter o melhor rendimento possível na prova%2C candidatos devem optar por roupas confortáveis%2C refeições leves e uma boa noite de sonoDivulgação

Diretor acadêmico do QConcursos.com, Fernando Bentes sugere que os candidatos cheguem duas horas antes. “Assim, podem vencer qualquer contratempo com o trânsito”, explica.

Outro item que costuma prejudicar os concorrentes é o uso de celular ou aparelhos eletrônicos durante a prova. Esses objetos são proibidos e assim que os candidatos entram na sala, recebem uma sacola onde devem guarda-los desligados.

Bentes alerta: “Alguns celulares, mesmo desligados, podem ser acionados por um defeito, programação ou por choque acidental, por isso, para que não toquem durante a prova, é melhor que sua bateria seja retirada”.

A falta de tempo para resolver questões é uma das queixas mais comuns entre os candidatos. Para Juarez Lopes, diretor do Instituto de Otimização da Mente, o ideal é fazer uma leitura rápida da prova inteira e começar a responder pelas questões mais fáceis. “Isso ajuda a aumentar a autoestima e, muitas vezes, uma pergunta ajuda a responder outra”, afirma.

Segundo Bentes, a média de tempo para resolver cada questão é de 2 a 5 minutos. Para ele, o segredo está na concentração: “Dia de prova é para acordar cedo, comer pouco e se concentrar nas 4 ou 5 horas em que está dedicado às questões. O tempo é curto, a competição é grande e quanto mais focado, maior a chance de sucesso”.

Com relação ao cartão de respostas, a recomendação de Juarez Lopes é para evitar rasuras, pois ao fazer isso o candidato corre o risco de ter a questão anulada. “Caso tenha alguma dúvida sobre a resposta correta, não marque. Identifique apenas com um pontinho a possível opção”, ensina Lopes.

Véspera do concurso deve ser momento para relaxar

De acordo com os especialistas, a principal recomendação para a véspera da prova é relaxar e dormir cedo. Para Juarez Soares, se já mantinha uma rotina de estudos, deve evitar abrir os livros nesse dia. “O estresse provocado pelo estudo de última hora pode provocar o famoso branco e ele teria muito a perder com isso”, afirma.

No entanto, se o estudante não se dedicou tanto na preparação, a dica é reservar o último dia para revisar o conteúdo. “Se não tiver tempo de rever tudo, pode estudar as matérias mais importantes ou as disciplinas em que tem maior dificuldade”, recomenda Fernando Bentes.

Além disso, a alimentação é uma questão importante tanto na véspera, quanto no dia da prova. O professor alerta para a necessidade de refeições e lanches leves: “Os nutricionistas recomendam que o candidato faça ingestão de sanduíches, carnes brancas e carboidratos de baixo teor glicêmico, como massas e pães integrais, além de legumes, que mantêm o nível de açúcar estável no sangue. Porém, devem evitar a ingestão excessiva de líquidos e gorduras”.

Você pode gostar