Mais Lidas

Cesta de Natal acumula alta de 8,10% em 2013, diz FGV

Itens com maior alta são farinha de trigo, batata-inglesa, frutas, panetone, azeite, frango, lombo suíno e azeitona em conserva

Por helio.almeida

Rio — Neste ano, a ceia de Natal vai ficar 8,10% mais cara do que em 2012. O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/IBRE) mostra que a inflação dos produtos consumidos na ceia subiu mais que a inflação média registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor 10 (IPC-10) no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2013, que foi de 5,48%.

Entre os itens que apresentaram maior aumento de preço, segundo o economista André Braz, responsável pela pesquisa, estão a farinha de trigo (30,56%), a batata-inglesa (21,07%) e as frutas (15,41%).

Outros itens típicos da ceia de Natal também subiram acima da inflação, como os pães de outros tipos - panetone (15,31%), o azeite (13,67%), o frango (10,28%), o lombo suíno (10,07%) e a azeitona em conserva (9,50%).

Apesar disso, produtos importantes da cesta natalina tiveram queda de preços ou aumentos abaixo da inflação média, entre eles a cebola (-29,42%), o óleo de soja (-19,39%), o bacalhau (-9,69%), o arroz (-5,13%), o pernil suíno (3,44%) e o vinho (3,87%).

Presentes

Uma boa notícia é que mesmo mais alta que no ano passado, a média dos preços dos presentes entre janeiro e dezembro de 2013 ficou abaixo da inflação medida pelo IPC-10 — 3,78% ante 5,48%. Numa lista de 22 produtos, aqueles que estão pesando mais no bolso são: bijuterias (14,25%), bicicleta (9,44%), cintos e bolsas (7,14%) e computador (5,41%).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia