Caixa financiará veículos com juros de 0,93% ao mês

A partir de quinta-feira, banco promove feira de motos e carros novos e usados. Gerentes vão estar em 90 concessionárias do Rio para agilizar liberação de crédito

Por thiago.antunes

Rio - Em um cenário de juros em alta, consumidores cariocas terão uma boa oportunidade para comprar veículos a partir de quinta-feira. A Caixa Econômica Federal promove, entre quinta e sábado, o Salão Auto Caixa, em parceria com o Banco Pan.

No evento, será possível comprar automóveis e motocicletas novos e usados com taxas a partir de 0,93% ao mês e prazo de até 60 meses. Em outros bancos, as tarifas são a partir de 1,61%. O comprador terá como financiar até 90% do valor do veículo. As concessionárias vão conceder brindes, como aparelhos de GPS, capacetes, emplacamento ou insulfilme. 

Em uma simulação divulgada pela Caixa, um financiamento de R$ 20 mil, por exemplo, que correspondente a 60% do valor total do veículo, pode ser pago em 36 parcelas de R$ 724,50 ou em 48 vezes de R$ 586,54. O prazo tem como ser estendido até 60 meses. “Quanto maior a entrada, melhor será a condição oferecida”, explica o superintendente nacional de veículos da Caixa, Jorge Pedro de Lima Filho.

Concessionárias como a Distac%2C em Laranjeiras%2C vão oferecer brindes como GPS e IPVA do veículo grátis para quem comprar durante a feira Divulgação

A tarifa oferecida na feira fica mais em conta do que a média dos juros cobrados pelas instituições financeiras em março. Segundo o Banco Central, o crédito concedido para aquisição de veículos para pessoa física variou de 0,63% a 3,90% ao mês em março. No Itaú, o valor foi de 1,64%; no Banco do Brasil, 1,61%; no Bradesco, 1,76%; e na própria Caixa, 1,52%.

Segundo Lima Filho, é um bom momento para a compra, pois com a queda na demanda por carros, as concessionárias e montadoras vão oferecer preços mais atrativos. Na Distac, em Laranjeiras, as linhas Fox, Gol e Voyage estão em promoção. O Gol 1.0, com quatro portas, e direção hidráulica, está saindo de R$ 35.960 por R$ 3.449. “Também estamos dando o IPVA grátis”, diz Francisco Veríssimo, sócio da loja.

O evento acontecerá em 363 cidades do país, sendo 24 no Estado do Rio. Na capital, serão 90 concessionárias, representando 15 marcas. Gerentes da Caixa e representantes do Banco Pan estarão nas agências para agilizar o atendimento. A lista das concessionárias participantes está disponível no endereço www.salaoautocaixa.com.br.

Para fazer o financiamento, é necessário apresentar identidade, CPF, comprovante de renda e de residência. Os clientes da Caixa podem fazer o empréstimo diretamente com a instituição. As demais pessoas podem contratar nas mesmas condições com o Banco Pan, sem necessidade de abrir conta.

Balanço

- Trimestre de queda

O licenciamento de veículos caiu 2,1% no primeiro trimestre do ano, na comparação com 2013. Segundo dados divulgados ontem pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), 813 mil unidades foram licenciadas nos primeiros três meses do ano. Em 2013, foram 830 mil.

- Exportações

Influenciadas pela crise da Argentina, as exportações tiveram retração brusca. No acumulado dos três meses, houve baixa de 32,7% em relação ao mesmo período em 2013. Em 2014, 75 mil automóveis foram vendidas para o exterior.

- Produção

A produção também caiu, como resultado do ajuste pela demanda menor. A queda foi de 8,4% em relação ao primeiro trimestre de 2013. Somente em março foram 790 mil unidades produzidas na indústria automotiva, 3,6% a menos do que fevereiro e 17,6% a menos do que março do ano passado.

- Estoque

Ainda resultado da queda da demanda, o estoque de carros aumentou tanto nas fábricas quanto nas concessionárias. Nas lojas, 291 mil veículos estão parados. Nas fábricas, o volume é de 96 mil.

- Lay-off

A esfriada do setor automotivo no país motivou empresas do setor a tomarem medidas de contenção de custos e redução de produção. No Estado do Rio, duas fábricas já foram afetadas. A Citroën Peugeot, em Porto Real, dispensou temporariamente 650 funcionários em fevereiro. Já a MAN, montadora de ônibus e caminhões da Volkswagen, anunciou nesta semana que vai dispensar 200 empregados na planta de Resende. A empresa deve reduzir sua produção em pelo menos 20%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia