Funcionalismo federal: Nova luta por reajuste salarial

Recursos públicos para a viabilização da Copa do Mundo no Brasil e a ausência de verba para conceder novos reajustes salariais aos servidores serão a tônica do Dia Nacional de Luta promovido hoje entre representantes do funcionalismo federal

Por bferreira

Rio - Recursos públicos para a viabilização da Copa do Mundo no Brasil e a ausência de verba para conceder novos reajustes salariais aos servidores serão a tônica do Dia Nacional de Luta promovido hoje entre representantes do funcionalismo público federal. “Vamos transformar nossa indignação em mobilização social para defender as demandas e reivindicações dos trabalhadores”, informou a central CSP-Conlutas.

A mobilização terá a participação das entidades que compõem o Fórum dos Servidores Públicos Federais (SPF), como a dos servidores das universidades federais, administrativos dos ministérios da Saúde e da Cultura. No Rio, funcionários do Palácio Gustavo Capanema, da Biblioteca Nacional, do Paço Imperial, Museu Imperial e Museu da República do Catete já aderiram ao movimento.

“O ato de hoje vai contribuir ainda mais para a elevação da mobilização e para pressionar o governo a dar uma resposta. O conjunto de atividades é uma boa ferramenta para dialogar na questão dos recursos públicos que estão sendo gastos com a Copa do Mundo em detrimento da Saúde, Educação, Segurança, emprego, e também em termos de discussão e mobilização com o conjunto dos servidores considerando a campanha de 2014”, ressaltou o diretor do Andes-SN, Josevaldo Cunha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia