Funcionários do IBGE em vigília até reunião ocorrer

A previsão é que o encontro aconteça até sexta-feira

Por bferreira

Rio- Pelo menos 100 servidores do IBGE que participam da greve estão em vigília desde ontem, em frente à sede do instituto no Rio. Eles vão ficar no local até que ocorra a reunião entre a executiva nacional do sindicato, a diretoria do IBGE e representantes do Ministério do Planejamento. A previsão é que a reunião aconteça até sexta-feira.

Segundo o Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Fundações Públicas Federais de Geografia e Estatísticas (Assibge-SN), os servidores têm algumas reivindicações emergenciais, que incluem mais verbas para o IBGE e concursos públicos para o preenchimento de vagas em aberto. Além da realização de um congresso institucional e um novo patamar de salários.

A categoria pede que a remuneração seja elevada nos moldes das demais categorias, como o pessoal do Ipea e de outros órgãos do chamado ciclo de gestão. A remuneração média é de R$ 14 mil.

Os grevistas também exigem que a diretoria do IBGE reintegre 200 temporários que não tiveram o contrato temporário renovado. Na época, o instituto justificou que a medida foi tomada devido à falta de assiduidade e produtividade.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia