Pedidos de falências no Brasil sobem 23,7% em julho, diz Serasa

Na comparação com julho do ano passado, houve alta de 3,7%

Por tamara.coimbra

Rio - Os pedidos de falências no Brasil aumentaram 23,7% em julho ante junho, para 141 requerimentos, segundo dados da Serasa Experian divulgados nesta segunda-feira. Na comparação com julho do ano passado, houve alta de 3,7%.

Economistas da Serasa afirmaram que o início do segundo semestre foi marcado por "dificuldades impostas pela atual conjuntura econômica adversa — juros altos, estagnação da economia e elevações de custos — sobre a saúde financeira das empresas".

Os economistas acrescentaram que, devido ao acúmulo de feriados e dias paralisados em junho por conta da primeira fase da Copa do Mundo, a base de comparação mensal foi fraca, o que resultou em um crescimento mais acelerado dos pedidos de falência em julho.

De acordo com o levantamento da Serasa Experian, o número de falências decretadas também cresceu em julho, para 63, ante 48 em junho. Na comparação anual, porém, o número representou queda ante as 69 falências decretadas em julho do ano passado.

As recuperações judiciais concedidas avançaram para 38 no mês de julho, ante 23 em junho e 17 em igual mês de 2013.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia