Governo Federal promulga acordo de Previdência Social entre Brasil e França

Decreto inclui a possibilidade dos trabalhadores empregarem o tempo de contribuição no exterior para reivindicar direitos

Por tamara.coimbra

Brasília - A presidente Dilma Rousseff promulgou nesta segunda-feira um decreto no qual os trabalhadores franceses poderão somar os anos contados no Brasil ao cálculo geral para sua aposentadoria e estabelece direitos recíprocos para os trabalhadores brasileiros residentes na França.

Este acordo bilateral também diz que os trabalhadores de uma empresa brasileira que opera na França, e vice-versa, podem contribuir no país de origem durante um prazo de 24 meses, com a possibilidade de uma prorrogação de outros dois anos, com o objetivo de evitar a dupla contribuição.

O decreto promulgado hoje também inclui a possibilidade dos trabalhadores poderem empregar o tempo de contribuição realizada no exterior para reivindicar seus direitos trabalhistas em ambos países. O documento do acordo tinha sido assinado pelos dois países em dezembro de 2011 e foi aprovado pelo Senado brasileiro em 2013.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia