Analistas reduzem para 0,20% previsão de crescimento da economia brasileira

A projeção para a expansão do PIB do país em 2015 foi reduzida para 0,80%, contra o 1% previsto na semana passada

Por tamara.coimbra

Rio - Os analistas do mercado financeiro reduziram nesta segunda-feira a previsão de crescimento da economia brasileira de 0,24%, calculado na semana passada, para 0,20%, segundo o boletim Focus, pesquisa semanal divulgada pelo Banco Central.

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2015 foi reduzida para 0,80%, contra o 1% previsto na semana passada. O boletim Focus é feito a partir de entrevistas com cerca de 100 especialistas de instituições financeiras privadas.

Segundo dados oficiais, no segundo trimestre deste ano a economia se contraiu 0,6%, e com isso acumulou dois trimestres consecutivos de queda e entrou no que os analistas denominam "recessão técnica". Após ter crescido 7,5% em 2010, a economia brasileira avançou 2,7% em 2011, apenas 1,0% em 2012 e 2,3% em 2013. O governo calcula que a economia crescerá 0,9% neste ano, enquanto o Banco Central rebaixa essa previsão para 0,6%.

Na edição do Boletim Focus divulgada nesta segunda-feira, os analistas revisaram para baixo sua previsão de inflação para este ano, que passou de 6,45% para 6,39%.

Para 2015, os analistas indicaram que esperam uma inflação de 6,40%, contra o 6,32% projetado na semana passada.

A meta para a inflação no país é de 4,50%, com uma margem de tolerância de dois pontos percentuais, o que permite que o índice chegue a um máximo de 6,50%.

O país fechou 2013 com uma inflação do 5,91% e o aumento dos preços no início deste ano chegou a pôr em dúvida o cumprimento da meta, mas a inflação finalmente começou a ceder, principalmente pela alta dos juros.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia