Mais Lidas

Docentes da Uerj debatem crise

São diversos problemas na universidade, que se agravaram no fim do ano passado

Por thiago.antunes

Rio - Docentes da Uerj fazem nesta terça-feira a primeira assembleia de 2015, com temas delicados a serem debatidos entre os participantes. São diversos problemas na universidade, que se agravaram no fim do ano passado. Entre as questões apontadas pela Associação dos Docentes da Universidade (Asduerj), estão o atraso de pagamento de contratados, terceirizados e bolsistas. De acordo com a entidade, ao retornar do recesso, os alunos bolsistas constataram que não há previsão para pagamento de suas bolsas.

Segundo circular da Diretoria de Administração Financeira (DAF) da Uerj, não há expectativa para a normalização dos pagamentos. O documento aponta que foram processadas as folhas de pagamento de remuneração da pessoa física, médicos residentes, cotistas, bolsistas, professores substitutos visitantes, entre outros.

Docentes da Uerj debatem criseDivulgação

As folhas, segundo o documento, estão em condições de serem pagas, pois foram inscritas em restos a pagar de 2014 pela DAF. Um decreto estabelece que as folhas só podem ser quitadas após autorização da Controladoria Geral da União (CGU), a partir de 17 de janeiro. A assembleia será nesta terça às 14h, no campus Maracanã. Os docentes ainda criticam o não pagamento da Dedicação Exclusiva (DE) a quem se aposenta e defasagem salarial de mais de 83%.

Adicional sai nesta terça

Os 62.624 servidores da Secretaria Estadual de Educação recebem hoje o adicional de férias. O valor corresponde a um terço do salário. De acordo com a pasta, o total a ser depositado é de aproximadamente R$46 milhões. O pagamento será feito por meio de folha suplementar. Nos últimos anos, o estado tem creditado as férias dos servidores tradicionalmente em janeiro.

Desconto em folha

Todos os servidores efetivos, celetistas, fiduciários e à disposição que têm os vencimentos pagos pela Prefeitura do Rio terão desconto da contribuição sindical no pagamento referente ao mês de março. Quem quiser ficar isento deve apresentar, até o dia 9 de fevereiro ao órgão de lotação, o pedido com cópia do comprovante de quitação da contribuição sindical.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia