Sem desconto na aposentadoria

Presidenta do INSS promete que haverá empenho para não haver redução da Gratificação de Atividade do Seguro Social (GDASS) para o funcionário estatutário que se aposentar

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - Servidores da Previdência e da Seguridade Social receberam da presidenta do INSS, Elisabete Berchiol, a promessa de que haverá empenho para que não haja redução da Gratificação de Atividade do Seguro Social (GDASS) para o funcionário estatutário que se aposentar. Atualmente, há diminuição de 50% do bônus que representa cerca de 70% da remuneração. A informação foi divulgada durante reunião com o presidente da Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps), Alexandre Barreto Lisboa.

Segundo nota da associação, Berchiol afirmou que vinha acompanhando o problema desde quando atuava na Secretaria-Executiva do Ministério da Previdência e que existe a possibilidade de uma solução favorável aos servidores “que não podem ser tão gravemente punidos”.

De acordo com levantamento da Anasps, o INSS possui 10.106 funcionários em condições de aposentadoria e usufruem do abono permanência. O grupo corresponde a 26% do efetivo, sendo 6.330 técnicos do Seguro Social, 3.420 de cargos em extinção e outros 14 analistas.

A estimativa é que o número chegue a 17 mil em dois anos. Segundo a Anasps, o Tribunal de Contas da União reconheceu o risco de colapso no ritmo de atendimento aos beneficiários e segurados do INSS.

NOVOS CONCURSOS

Elisete Berchiol afirmou ainda para o pres</MC>idente da Anasps, Alexandre Lisboa, que aguarda aprovação do orçamento da União deste ano, para insistir com o Ministério do Planejamento sobre a necessidade de abrir concursos para técnicos do Seguro Social, médicos peritos e assistentes sociais. O objetivo é reduzir o quanto antes a carência de pessoal nessas áreas.

DEFINIÇÃO DE AÇÕES

Durante a reunião, também foi anunciado pela Presidência do INSS que estão sendo constituídos grupos de trabalho com representantes de outros ministérios. O objetivo é definir ações para implementação de alterações no sistema de pensões, perícia médica e também ações em locais que não contam estruturas para exames periciais .

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia