Petrobras reduzirá plano de negócios

Investimentos serão 20% mais baixos para período até 2019

Por bferreira

Brasília - As denúncias de corrupção que envolvem a Petrobras e importantes fornecedores levará a petroleira a reduzir em cerca de 20% os investimentos no próximo plano de negócios de cinco anos. Segundo fonte ouvida pela agência Reuters, o documento sobre os projetos para o período 2015/2019 deve ser divulgado em maio.

“Em números absolutos pode ter uma variação para baixo em torno dos 20%”, afirmou a fonte, ao ser questionada sobre estimativas de analistas de redução de 20% a 30% dos investimentos futuros pela Petrobras.

O plano atual 2014/2018 prevê investimentos de US$ 220,6 bilhões. Assim, o corte representaria um novo plano orçado em pouco mais de US$ 176 bilhões.

“Ainda será um plano de investimento robusto, porém mais dentro da realidade de caixa da empresa e capacidade de realização, dado o fato de os fornecedores passarem essa situação perante as investigações”, informou a fonte.

Procurada, a estatal divulgou que não comentaria o assunto. A Petrobras está no centro de um escândalo de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, desencadeada pela Polícia Federal, indícios de envolvimento de funcionários, executivos de empreiteiras e políticos.

A empresa pretende divulgar no dia 22 os resultados auditados do terceiro e do quarto trimestres de 2014, atrasados devido às dificuldades de se mensurar o prejuízo com as denúncias de corrupção.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia