Setor de serviços em setembro cai 4,8%

Os serviços profissionais — que recuaram 8,1% — tiveram destaque no desempenho negativo dos serviços

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - O setor de serviços do país recuou 4,8% em setembro deste ano, em comparação a setembro de 2014, segundo informou pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o gerente da pesquisa do IBGE, Roberto Saldanha, os serviços profissionais — que recuaram 8,1% — tiveram destaque no desempenho negativo dos serviços.

Saldanha acrescentou que, no âmbito dos serviços, houve uma queda ainda mais preocupante: os serviços técnicos profissionais, que caíram 16%. O gerente informou que esse baixo desempenho ocorreu em decorrência da desmobilização de serviços de engenharia, em setembro de 2015, envolvendo principalmente as áreas de petróleo e gás.

Também contribuiu para a queda do setor o baixo desempenho dos serviços administrativos, que caíram 5,3% no mês. Essa queda, segundo Saldanha, ocorreu em razão da baixa atividade das empresas de segurança e limpeza.

A pesquisa mostra ainda que houve queda nos serviços auxiliares de transportes e correios. Esse segmento caiu 6,4% em setembro, em decorrência da retração do transporte rodoviário de cargas. A retração na área de transporte de carga foi originada, segundo o gerente do IBGE, pela baixa demanda da indústria.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia