Mais Lidas

Grifes de luxo investem em hotéis

Confira algumas das principais marcas que criaram hospedagens assinadas para imprimir seu estilo de vida ao público

Por paulo.gomes

Envolver o cliente em todos os momentos de sua vida é estratégia das mais sérias dentro das grandes grifes de luxo. Mais do que lhe vender roupas ou acessórios, as marcas querem criar um estilo de vida próprio que faça parte do imaginário do consumidor. Para atingir esse objetivo, não raro, unem-se a grandes redes do segmento para abrir hotéis ou assinar quartos com decoração e serviço totalmente baseados em suas peças, linhas e filosofia.

Armani - Após inaugurar o primeiro hotel, em Dubai, a grife levou sua hospitalidade à sua cidade-sede, Milão.

O Armani Hotel, localizado em Milão, tem suítes entre 45m² e 200m²Divulgação

Moschino - Uma viagem aos contos de fada. Assim é o primeiro hotel da grife italiana Moschino, em Milão, onde todos os móveis foram feitos especialmente para o empreendimento.

Detalhe do quarto "Ivy", no hotel Moschino, na ItáliaDivulgação

Bulgari - Com hotéis em Bali e Milão , a grife inaugurou em 2012 um endereço de hospedagem também em Londres. O sucesso é tanto que, em 2015, ainda deverá surgir um Bulgari Hotel em Xangai.

Ferragamo - Em parceria com a rede Lungarno Collection, a grife Ferragamo já espalhou seu estilo de bem-receber por diversas cidades italianas, como Florença e Roma, totalizando quase nove propriedades, entre hotéis e villas.

Os traços clássicos da familia Ferragamo em hotel a 100 metros da Ponte VecchioDivulgação

Martin Margiela - Em 2011, o hotel La Maison Champs-Elysées, localizado em um prédio de 1866, próxima à sofisticada Avenue Montaigne ganhou a assinatura da maison Margiela. Os traços característicos da marca, como a cor branca e o ilusionismo, estão presentes por todo o empreendimento.

Missoni - Com planos de abrir até mesmo um hotel no Brasil, por enquanto os zigue-zagues coloridos da grife Missoni invadiram apenas um estabelecimento, em Edimburgo, na Escócia. O esforço foi rapidamente recompensado, em 2011 foi eleito Hotel Butique do Ano, pelo Scottish Hotel Awards, e incluído na Hot List da Condé Nast.

Hotel Missoni em Edimburgo, primeiro empreendimento hoteleiro da grifeDivulgação

Diane von Furstenberg - A dama dos vestidos preferiu começar aos poucos. Ao invés de ter logo um hotel inteiro remodelado por sua grife, preferiu assinar a decoração de apenas uma suíte no Claridge’s Hotel, em Londres. Tecidos exclusivos estão por toda parte.

Padronagem de ikat framboesa na sala de estar da Piano Suite, decorada por Diane Von FurstenbergDivulgação

LVMH - O empreendimento ainda não está pronto – nem mesmo o projeto foi apresentado – mas a o grupo LVMH já confirmou sua intenção de abrir um hotel-resort em uma das paradisíacas ilhas das Maldivas.

As informações são do IG

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia