Confira como dar uma nova vida a parede de sua casa

Quadros, obras de arte e estantes podem revestir todo o espaço e renovar o ambiente

Por paulo.gomes

São Paulo - Foi-se o tempo em que bonito era valorizar os espaços em branco da parede. A onda, agora, é aproveitar (e muito) cada centímetro. Para isso, vale apostar em estantes repletas de nichos, quadros, gravuras, cartões postais e muitas obras de arte. “O preenchimento total da parede transforma o ambiente e traz à tona a personalidade do morador”, diz Christina Hamoui, designer de interiores. “Mas é importante deixar uma borda (de 15cm a 20cm) envolvendo o bloco, de modo a garantir leveza e conforto visual ao projeto”, afirma.

A parede do ambiente na Casa Cor SP foi valorizada com a presença de uma estante que alcança o tetoDivulgação

Quem aposta no uso de nichos deve preencher a maioria dos espaços e, quando não for possível, recorrer à instalação de quadros sobre o vazio da estante. Uma boa saída é expor coleções e elementos decorativos, sempre deixando tudo em ordem. A dimensão da estrutura dos nichos é outro aspecto que precisa ser estudado conforme os itens guardados. Espaços mais baixos devem receber livros, o que garante a sensação de preenchimento, já os mais altos podem ser preenchidos com plantas de porte médio.

As paredes da sala foram preenchidas por molduras e quadrosDivulgação

Ambientes pequenos exigem cuidados ao terem suas paredes totalmente revestidas. Um recurso que permite ganhar amplitude é recorrer a espelhos no fundo dos nichos. Outra dica é iluminar com LED os espaços e destacar o fundo de cada um. “Engana-se quem imagina perder espaço quando ‘veste’ a parede inteira. Nichos com profundidade máxima de 38cm não afetam tanto quanto armários”, diz Christina. O arquiteto Marcelo Rosset lembra ainda que fotos com perspectiva tridimensional oferecem também uma forma de aumentar o tamanho do local.

A parede do estúdio de Felipe Schneider, Marcelo Martins e Mariana Germani na Casa Cor SC é preenchida por uma estante que inclui até closetDivulgação

Pendurar quadros e obras de arte é mais uma maneira de revestir o ambiente. E há diversas possibilidades ao organizar. Os amantes da simetria podem investir em molduras de mesmo tamanho e definir um centro para orientar a arrumação. Uma alternativa que ajuda a evitar o aspecto desorganizado é ordenar todos os quadros no chão e depois arrumar na parede. "A composição deve ter hamonia. É possível criar alinhamentos entre os quadros e intercalar espaços vazios. O essencial é fazer sentido. Ao usar fotos em preto e branco, por exemplo, dá para ousar nas molduras e investir em cores diferentes", afirma Rosset.

As informações são de Bruna Bessi

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia