Mercado imobiliário tem opções para compra de casa fora do Rio

Construtoras oferecem projetos que podem ser financiados em até 35 anos

Por paulo.gomes

Rio - As construtoras investem cada vez mais em empreendimentos fora da cidade do Rio em áreas como a Costa Verde e as regiões dos Lagos e Serrana. Opções não faltam para quem planeja comprar a casa de veraneio na praia ou no alto da montanha. Outra vantagem é que os bancos oferecem condições de financiamento com taxas ainda mais acessíveis para compra do segundo imóvel. O pagamento pode ser feito em até 35 anos.

Modelo de casa no Solaris%2C em Maricá%2C está entre as opções para compra de casas de veraneioDivulgação

De olho neste cenário, a imobiliária Fernandez Mera vai abrir nova sede em Itaguaí só para atender a demanda da Costa Verde. Construtoras como Efer, Zayd e João Fortes, além da empresa de intermediação de imóveis Lachter Projetos Imobiliários contam com empreendimentos neste perfil.

Uma opção de empreendimento fora do Rio de Janeiro é o Residencial Casuarina%2C em AraruamaDivulgação

A Efer, por exemplo, está em Mangaratiba, na Costa Verde, com o Porto Real Suítes. O condomínio, em construção, tem unidades disponíveis com preços a partir de R$ 370 mil, que podem ser financiadas pela Caixa. O condomínio também oferece o sistema de ‘pool’, que permite alugar o imóvel e garantir um dinheiro adicional por mês.

Outra opção pode ser encontrada na imobiliária Lachter, que comercializa o Residencial Casuarina, da RS Empreendimentos, em Araruama, na Região dos Lagos. O empreendimento terá 18 casas de dois andares, com dois ou três quartos, a 300 metros da lagoa. A previsão de entrega é para setembro.

Quem quiser construir a casa dos sonhos pode aproveitar um dos lotes do Solaris Residencial Clube, em Maricá, da Zayd. São 517 terrenos em um condomínio com infraestrutura completa de lazer e segurança.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia