Por thiago.antunes
Publicado 27/07/2013 23:46 | Atualizado 28/07/2013 00:15

Rio - Um pequeno tumulto começou na Praia de Copacabana, quando ativistas na Marcha das Vadias tentaram chegar até as areias onde é celebrada a Vigília do Papa Francisco. A Força Nacional de Segurança fez um cordão de isolamento de quase 100 homens, todos deram o braço para evitar a passagem do protesto. O cordão se estendeu até o mar.

Com palavras de ordem e fazendo paródias dos cânticos dos jovens peregrinos (Esta é a juventude laica), as mais de 4 mil mulheres pararam no local, na altura do hotel Othon Palace. 

Rafaela Oliveira, 28 anos, universitária, Mariana Azeredo, 27 anos, professora de geografia, tiraram a blusa, o que deixou peregrinos que passavam no local consternados. Mariana protestou em frente à segurança. "Quero expressar minha sexualidade livre, sou mãe de uma menina e não quero reproduzir essa cultura de inquisição."

Manifestantes acabaram furando o bloqueio e começaram a queimar as próprias identidades, Julio Cesar de Andrade, 29 anos, universitário falou sobre o ato. "Quem quemou minha identidade foi a Força Nacional", afirmou. Outro estudante, João woucher, 25 anos, citou o filme "Hair" como inspiração. "Queimar a identidade do estado é um inicio do caminho de busca da própria identidade", contou.

Peregrinos que presenciam a cena entoam cânticos e rezam próximos aos manifestantes.

Papa é ovacionado em Vigília

Começou, por volta das 19h30 deste sábado, a Vigília do Papa Francisco na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio. Mais de 3 milhões de pessoas acompanham a cerimônia, muitas delas das calçadas da Avenida Atlântica, já que a faixa de areia está completamente tomada por fiéis de várias nacionalidades.

Quando o Santo Padre entrou no palco, foi prontamente ovacionado. Após uma breve saudação, o ator Tony Ramos entrou no palco e discursou sobre o amor de Jesus provado na Cruz. Ele citou São Francisco de Assis, "que teve a coragem de viver a vontade de Deus". Logo após, frades franciscanos entraram no palco.

Após uma rápida apresentação, vários jovens deram depoimentos de como a religião mudou a vida deles em algum momento. Um deles contou que largou as drogas graças à Igreja. Outro rapaz comentou as dificuldades que enfrenta morando em uma comunidade pobre do Mato Grosso do Sul.

Vários números musicais e apresentações estão previstas para a celebração. Enquanto esperam, muitas pessoas estão dormindo fazendo lotes com a areia e demarcando lugares.

Bombeiros contabilizam 100 salvamentos em Copacabana

Mais de cem pessoas foram resgatadas do mar neste sábado, em Copacabana, segundo o 3ª Grupamento Marítimo (GMar), responsável pela região. Em nenhum dos casos houve necessidade de atendimento médico e as pessoas foram liberadas na mesma hora. O Corpo de Bombeiros foi procurado, mas informou que só vai ter mais informações sobre os afogamentos após o evento.

Multidão lotou Praia de Copacabana para prestigiar eventoMaria Luiza Mesquita / Agência O Dia

nquanto os peregrinos esperavam a chegada do Papa Francisco para o início da Vigília, na noite deste sábado, foram orientados pelos apresentadores do evento a evitarem o banho do mar. "Não se dirijam ao mar porque ele já está revolto. O Corpo de Bombeiros não dará conta de fazer os atendimentos e nós não queremos que nenhum de vocês corra risco de vida. Ajude aqueles que estão ao seu lado para que não se aproximem do mar em hipótese alguma a partir de agora", aconselhou um dos apresentadores, em português.

Papa abençoa fiéis durante passagem

Assim como ocorreu nos outros dias, o Papa Francisco desceu do Papamóvel, durante o trajeto até a praia de Copacabana para a Vigília com os jovens, na noite desta sábado, e beijou e abençoou crianças.

Muitos presentes e objetos foram lançados direção ao veículo. Franciso desceu do Papamóvel para abençoar um cadeirante. Ele também cumprimentou o público na grade. Mais de três milhões de pessoas já esperam pelo começo do evento. A expectativa é que o número chege a mais de 4 milhões, segundo estimativas da Prefeitura.

Pelo Twitter, antes de chegar ao Forte de Copacabana, o Papa postou a seguinte mensagem na rede social: "Queridos jovens, possam vocês aprender a rezar todos os dias: esse é o
modo de conhecer Jesus e fazê-lo entrar na própria vida." O Papa segue em direção ao palco central para o evento da Vigília. O ator Tony Ramos será o mestre de cerimônia. Uma igreja cenográfica será montada no palco durante o evento.

Você pode gostar