Por tamyres.matos

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se encontrará com a presidente Dilma Rousseff em Brasília para, entre outros assuntos, tratar sobre o retorno do Paraguai ao Mercosul. Será a primeira visita do sucessor de Hugo Chávez ao Brasil desde que tomou posse e faz parte de um giro por países que integram o grupo. Antes, ele visita a Argentina e o Uruguai.

Maduro virá ao BrasilEfe

“Eu acho que o teor da conversa vai ser muito mais vinculado às questões políticas e ao funcionamento do Mercosul”, disse o assessor especial para assuntos internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia.

O Paraguai está suspenso do Mercosul devido ao impeachment do ex-presidente Fernando Lugo. O retorno do país está previsto para após a posse do presidente eleito Horacio Cartes, em agosto. Ainda na pauta, deverá ser tratado de maneira preliminar o pedido formal do Equador para fazer parte do bloco como membro pleno.

“O giro pelo Mercosul vai ratificar o caminho da integração profunda com Uruguai, Argentina e Brasil, para seguir completando a equação perfeita de integração energética, econômica e financeira”, destacou Maduro, eleito dia 19 de abril. Ele enfrenta forte oposição em seu país, por ter vencido o opositor Henrique Capriles por diferença de apenas 1,6%.
Você pode gostar