Mais Lidas

Ex-modelo fica irreconhecível ao injetar óleo de cozinha em seu rosto

Cirurgiões removeram 60g de silicone entre outras substâncias do rosto da ex-modelo

Por juliana.stefanelli

Coréia do sul - Um mulher sul coreana viciada em cirurgia plástica, injetou óleo de cozinha em seu rosto quando os médicos se recusaram a dar-lhe mais silicone, segundo informações do Daily Mail.
A ex-modelo Asa Mioku ficou permanentemente desfigurada após o tratamento de beleza DIY. Médicos disseram que ela tinha problemas psicológicos e eventualmente se recusavam a fazer mais tramentos em Mioku.

Asa Mioko antes dos tratamentosReprodução Internet

Depois de se auto-injetar com ajuda de seringa, uma garrafa inteira de silicone vendida no mercado negro, Mioku recorreu ao óleo de cozinha e seu rosto ficou severamente inchado e marcado. Sua face estava tão alterada que seus próprios pais e crianças locais não a reconheceram e passaram a chamá-la de "ventilador de pé", porque seu rosto ficou muito grande em coMparação ao seu corpo pequeno.

Sua história e figura bizarra foram destaque na televisão e milhares de telespectadores doadam libras para pagar a cirurgia corretiva da coreana. Durante as primeiras 10 operações, os cirurgiões removeram, 60g de silicone, óleo e outras substâncias estranhas do rosto e 200g do pescoço. No entanto, a modelo ainda está desfigurada e disse que deseja muito ter seu antigo rosto de volta.

Asa Mioko com o rosto inchado e desfigurado Reprodução Internet

Asa teve seu primeiro processo com 28 anos e depois mudou-se para o Japão, onde ela teria feito repetidos tratamentos. Ela rapidamente se tornou obcecada por ter a pele macia e lisa. Recentemente, a ex-modelo estava trabalhando em uma loja de roupas recicladas chamada The Beautiful Shop e recebendo esmolas do estado.

Asa Mioko agora trabalha em uma loja de roupas recicladasReprodução Internet


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia