Por nara.boechat

Estados Unidos - Um gigantesco tornado de mais de três quilômetros de diâmetro atingiu nesta segunda-feira a área sul de Oklahoma City, arrasando em sua passagem várias casas e algumas escolas, segundo imagens captadas pelo canal local "KFOR". Até agora não há informações sobre vítimas, pois o tornado segue afetando a região.

As imagens do "KFOR" mostram quilômetros e quilômetros de zonas residenciais completamente arrasadas, além de pequenos focos de incêndio, especialmente nos conjuntos habitacionais de Newcastle e Moore, ambos ao sul de Oklahoma City. Este imenso tornado chegou poucas horas depois que na madrugada passada outros tornados sacudiram o estado e causaram a morte de pelo menos duas pessoas, além de deixar quase 30 feridos e 300 casas destruídas.

Nos últimos dias, fortes tempestades sacodem a região central dos EUA, na qual nascem os tornados, e o alerta das autoridades se estende por uma vasta área que compreende desde o Texas (ao sul) até a zona dos Grandes Lagos (norte).

"Não há absolutamente nada, em outros lugares é possível ver os restos de casas uma em cima das outras e escombros empilhados. Parece como se uma equipe de demolição tivesse passado por aqui", disse Mile Booth, xerife do condado de Pottawatomie, um dos mais afetados, à imprensa local depois das tempestades da noite passada.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA, na sigla em inglês) emitiu hoje novos alertas de tornados na região, especialmente para Arkansas, Kansas, Oklahoma e Missouri. "A área de maior preocupação vai desde o Missouri até o norte do Texas. Grandes tempestades de granizo e violentos ventos serão a principal ameaça, mas fortes tornados isolados também são possíveis", indicou a agência federal em seu último boletim.

Você pode gostar