Por tabata.uchoa

Praga - Uma mulher morreu e outras três pessoas estão desaparecidas na República Tcheca devido às fortes chuvas que causaram inundações e deslizamentos de terra em várias regiões do país. Segundo o portal de notícias "Ceske Noviny", as autoridades declararam estado de emergência em 40 localidades tchecas.

Em Praga, uma casa desabou depois que a água atingiu seus alicerces e uma mulher morreu no incidente, enquanto três canoístas estão desaparecidos depois de enchentes em dois rios da região de Boêmia.

Em algumas localidades, as autoridades tiveram que recorrer a helicópteros para resgatar os moradores de suas casas. Além disso, em várias áreas do país centro-europeu, as vias do trem e as estradas foram cortadas.

O centro histórico de Praga, um dos principais centros turísticos da Europa, também está ameaçado e oito estações de metrô tiveram que ser fechadas após o aumento do nível das águas do rio Moldávia. Desde a noite de sábado, as autoridades de Praga, com a ajuda de soldados do Exército tcheco, levantam barreiras contra as águas. A República Tcheca viveu em 2002 as piores enchentes de sua história, nas quais morreram 17 pessoas.

Você pode gostar