Elizabeth II inaugura nova sede da 'BBC'

Rainha estréia emissora no mesmo dia em que seu marido, duque de Edimburgo, será operado

Por juliana.stefanelli

Londres (Inglaterra) - A rainha Elizabeth II inaugurou oficialmente nesta sexta-feira a nova sede da emissora pública britânica "BBC" em Londres, no mesmo dia em que seu marido, o duque de Edimburgo, será operado após realizar exames no abdômem.

Aparentemente tranquila e muito sorridente, a soberana chegou ao edifício "Broadcasting House", no centro da capital, e foi recebida com aplausos vestindo um conjunto azul turquesa, chapéu combinando, bolsa preta e luvas brancas. Elizabeth II, de 87 anos, manteve portanto sua agenda no mesmo dia em que seu marido, o príncipe Felipe, que completará 92 anos na segunda-feira, vai se submeter a uma operação de abdômen na London Clinic, onde permanecerá internado por cerca de duas semanas.

Rainha Elizabeth II inaugura nova sede da emissora BBCEFE

O diretor-geral da "BBC", Tony Hall, e o presidente da fundação da emissora, Chris Patten, acompanharam a rainha na sua visita às novas instalações do ente público, que completa em outubro 91 anos. A sede que a soberana inaugurou nesta sexta-feira e oficialmente entrou em funcionamento há alguns meses e teve um custo de 1 bilhão de libras (1,77 bilhão de euros).

Durante seu percurso pelas redações de rádio e televisão do ente público, a rainha fez uma parada em um estúdio da emissora de rádio "BBC" 4, onde dirigiu uma mensagem ao vivo na qual lembrou que a primeira vez que visitou a sede da "BBC" foi com seu pai, o rei Jorge VI, sua mãe e sua irmã, pouco antes da Segunda Guerra Mundial.

"Tanto na época como hoje me impressiona a mudança que essa indústria viveu nos últimos 60 anos", acrescentou a soberana, que celebrou o sexagésimo aniversário de sua coroação na terça-feira passada com um ato solene na abadia de Westminster.

Rainha Elizabeth IIEFE

Anteriormente, o diretor da "BBC" expressou seu "pesar" pela ausência do duque de Edimburgo e desejou em nome de toda a corporação pública britânica que o marido da soberana tenha uma "rápida recuperação". A hospitalização do príncipe Felipe é a quarta em apenas 18 meses, nos quais já foi tratado por problemas na bexiga e o coração.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia