Por juliana.stefanelli

Mogadíscio (Somália) - Um homem-bomba e vários homens armados atacaram um complexo da Organização das Nações Unidas (ONU) na capital somali, Mogadíscio, nesta quarta-feira, numa ação assumida pelo grupo militante islâmico somali Al Shabaab.

O homem-bomba detonou explosivos do lado de fora do portão da base do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), abrindo caminho para atiradores invadirem o local e abrir fogo contra os guardas da segurança, disse à Reuters um alto funcionário da polícia.

Tiros ainda podiam ser ouvidos mais de 30 minutos após a explosão inicial. Não estava claro inicialmente se alguém havia sido morto ou ferido. Agências da ONU começaram a organizar recentemente seus escritórios e o pessoal internacional na Somália após um período de melhora relativa na segurança.

Forças da União Africana e as tropas do governo expulsaram os rebeldes islâmicos da Al Shabaab da capital costeira há quase dois anos, mas os militantes têm mantido os ataques de guerrilha a partir de bases no interior.

As informações são da Reuters

Bomba no complexo da ONU na SomáliaReuters


Você pode gostar