Por juliana.stefanelli

Damasco (Síria) - Uma série de seis ataques perpetrados por suicidas em dois bairros residenciais de Damasco causou neste domingo a morte de pelo menos cinco pessoas e deixou outras nove feridas, além de grandes danos materiais, informou o Ministério do Interior sírio.

Em comunicado, o ministério explicou que os ataques ocorreram em paralelo nas áreas de Ruken al Din e de Bab Musala e tiveram como alvo uma delegacia e a sede da Segurança Criminal, respectivamente. "Três suicidas detonaram a carga explosiva que levavam quando tentavam entrar em uma delegacia em Ruken al Din. Foram abatidos pela polícia antes que conseguissem entrar no edifício", afirmou a nota.

Ataque em delegacia na Síria mata cinco pessoasEFE

De forma simultânea, "outros três terroristas tentaram invadir a sede da Segurança Criminal em Bab Musala, mas os agentes no local também conseguiram matá-los antes que entrassem", assegurou o Ministério do Interior. Nestes ataques pelo menos cinco pessoas morreram e outras nove ficaram feridas, além dos "graves danos sobre as propriedades públicas e privadas".

As explosões deste sábado são as últimas de uma longa série de carros-bomba e atentados suicidas em Damasco nas últimas semanas. Esta escalada da violência acontece apenas um dia depois que os chamados Amigos da Síria decidiram em Doha proporcionar ajuda militar de forma urgente aos rebeldes para mudar o equilíbrio de forças no terreno.

Você pode gostar