Homem acusado de abusar de enteadas por 10 anos é preso na Colômbia

A mais velha das irmãs ficou grávida aos 16 anos

Por tabata.uchoa

Colômbia - Um colombiano acusado de abusar durante uma década de suas duas enteadas e de ter um filho com cada uma quando tinham 13 e 16 anos foi detido pelas autoridades, informou neste domingo a polícia.

O homem, cuja identidade não foi revelada, tem 43 anos e teria abusado das menores de 2000, quando tinham apenas seis e 11 anos, até 2010, segundo fontes policiais citadas pela Revista Semana de Bogotá.

Como resultado do abuso, a irmã mais velha deu à luz um filho em 2005, com 16 anos, e a mais nova teve outro em 2006, aos 13, o que levou a imprensa local a comparar o criminoso colombiano a Ariel Castro, o "monstro" de Cleveland (Estados Unidos), recentemente condenado à prisão perpétua por sequestro e abuso de três mulheres.

Aparentemente, o indivíduo era parceiro da mãe das meninas, que espancava na frente das duas e, quando a mulher morreu em 2004 por causas naturais, o padrasto continuou vivendo com as filhas. A irmã mais velha denunciou em 2012 o criminoso, que foi detido ontem em uma operação que incluiu aos departamentos de Cundinamarca (centro) e Casanare (este).

O detido também enfrenta denúncias "de violência familiar, falsidade ideológica em documento público, emissão ilegal de cheques e exercício arbitrário da custódia de filho menor de idade", disse a polícia colombiana.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia