Vítimas do acidente do ônibus na Itália eram todos de um grupo de amigos

Ao todo 38 pessoas morreram e dez ficaram feridas

Por juliana.stefanelli

Roma (Itália) - As 38 pessoas que morreram e os dez feridos após o acidente deste domingo na Itália, quando um ônibus que voltava de uma excursão caiu de um viaduto no sul da Itália, eram um grupo de famílias que organizavam excursões e já tinham programada a próxima para a Croácia. Segundo a imprensa italiana, as vítimas eram todos amigos moradores nas localidades de Giuliano de Campânia, Mugnano de Napoli e Marano, no sul da Itália, que costumavam organizar excursões.

Neste domingo voltavam de um fim de semana no balneário de Telese Terme (Benevento) e que tinha concluído com uma visita em Pietrelcina, a cidade natal de Padre Pio, um dos santos mais queridos na Itália. Foi uma noite duríssima para os familiares das vítimas que foram ao ginásio da escola Don Bosco da cidade de Monteforte Irpino, transformado em necrotério, para fazer a identificação das vítimas.

Destroços do ônibus após acidenteEFE

Todos eles se conheciam e se apoiaram e consolaram durante toda a noite, enquanto eram chamados um por um para que entrassem no ginásio para identificar seus entes queridos.

Há quem lembre que muitos deles já tinham reservado a próxima excursão, uma semana na Croácia, organizada como sempre por Luciano Caiazzo, o "chefe do grupo", dono de um açougue em Pozzuoli (Nápoles), e que também morreu no acidente.

Embora ainda não tenham sido divulgados os nomes dos mortos acredita-se que entre estes há algumas crianças. Trinta e seis dos 48 passageiros que viajavam no ônibus morreram no ato, enquanto dois no hospital. Entre os dez feridos hospitalizados em vários locais da região há cinco crianças, três deles em estado muito grave.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia