Israel liberta 26 presos palestinos

Este é o primeiro grupo de um total de 104 prisioneiros. Medida faz parte de acordo de renegociação de paz na região

Por julia.amin

Israel - Israel começou nesta terça-feira a libertar 26 prisioneiros palestinos. A libertação é parte de um acordo no qual Israel e Palestina vão renegociar a paz na região.

Pessoas esperam libertação de presos na fronteira de Israel e Gaza Reuters


Os palestinos saíram da prisão de Ayalon e estão a caminho de Gaza e de Ramala, segundo a imprensa local. Eles são o primeiro grupo de um total de 104 pessoas que Israel prometeu libertar em um período de um ano. A maioria dos presos foram detidos por ataques a cidadãos israelenses, que vão desde arremessar pedras a matar civis em explosões. O mais antigo estava na cadeia desde 1985.

Após três anos, palestinos e israelenses retomaram no dia 30 de junho suas negociações de paz. Os EUA estão mediando as discussões, que devem ser retomadas na quarta-feira. A próxima rodada deve ocorrer na Cisjordânia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia