Jovem morta por anorexia nervosa

Gaúcha famosa na internet pelas fotos de extrema magreza não resistiu. Ela tentava convencer seguidores a não comer

Por bferreira

Rio - Famosa pelas fotos que postava na internet, a jovem Daiane Dornelles, 21 anos, morreu esta semana, no Rio Grande do Sul, vítima de anorexia, transtorno alimentar em que a vítima sente a constante necessidade de perder peso, apesar de não ser gorda. No mundo virtual, ela era conhecida e até apoiada por muitas pessoas pelas imagens de magreza nas redes sociais. Daiane teria sido vítima de uma hepatite viral contraída por conta de complicações com a anorexia nervosa.

Daiane%2C 21%2C de 1%2C65 m%2C pesava 48 quilos. Ela só comia duas vezes ao diaReprodução Internet

A gaúcha usava o perfil @MeganFoques e tinha mais de 17 mil seguidores no Twitter e 5,4 mil no Instagram. Apesar de ser anoréxica, com 1,65 m e 48 kg, Daiane era elogiada por homens e mulheres, que consideravam seu corpo perfeito. Um dos seguidores, porém, chegou a perguntar onde estavam os órgãos da jovem.

Além das fotos exibindo a magreza extrema, Daiane usava a hashtag ‘vamoanorexia’ e relatava comer apenas duas vezes por dia. “Apenas controle o que você come, tu se acostuma”, aconselhou ela a uma das seguidoras.

Para convencer as pessoas a não comerem e conseguirem o ‘corpo ideal’, ela também postava fotos de modelos ‘saradas’.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia