Por bferreira

Rio - Amado por alguns, rejeitado por outros, o brócolis foi apontado como aliado na prevenção da artrose por pesquisadores da Universidade de East Anglia, no leste da Inglaterra. O efeito se dá pela presença de um composto capaz de bloquear uma enzima causadora de danos à cartilagem. À medida que o vegetal é consumido, diminuem as chances de o indivíduo desenvolver a doença, que prejudica as articulações, e uma série de outros distúrbios.

Brócolis é rico em substâncias que evitam doença cardíacas e úlceraDivulgação

Os primeiros testes, realizados em ratos, indicaram que o brócolis foi responsável por evitar o desenvolvimento da substância considerada destrutiva ao organismo. “Ele também bloqueia a ação de alguns hormônios que podem gerar tumores e inflamações”, acrescentou a nutricionista Fátima Brandão. A previsão é que o estudo realize análises sobre a atuação do alimento em seres humanos durante duas semanas. A duração, apesar de curta, deverá ser suficiente para perceber evidências sobre a importância do alimento quando consumido diariamente em doses normais — cerca de 100 gramas.

O benefício recém-descoberto se junta a uma já extensa lista: o brócolis é rico em minerais (cálcio, potássio, ferro, zinco e sódio), vitaminas (A, B1, B2, B6, C e K) e fibra alimentar, fazendo com que auxilie na redução do colesterol e evite doença cardíacas, úlcera e gastrite, além de ajudar no tratamento ao reumatismo. “Outros alimentos da mesma família, como a couve-flor, têm efeitos similares”, ressalta a especialista.

Outro mérito do brócolis é poder ser consumido quase integralmente. “A única exceção é a raiz, então ele é 98% aproveitado”, destacou Fátima, alertando apenas para o preparo. Dependendo do tempo em que ele é cozido, podem haver restrições para pessoas com doenças intestinais e renais. “Acontece por ele ser rico em fibras e potássio”, explicou.

VARIEDADE

MISTURADO NO FEIJÃO
Há diversas maneiras de inserir o brócolis na cotidiano alimentar sem cair na rotina. Uma opção recomendada pela nutricionista Fátima Brandão é liquidificar o vegetal junto com o feijão e servi-lo com o restante da refeição.

QUICHE DE RICOTA
Uma dica bem aceita pelas crianças é usá-lo para preparar quiches de ricota. Nesta receita, o tradicional espinafre deve ser substituído pelo brócolis antes de ser levado ao forno.

ARROZ COM BRÓCOLIS
Opção para servir o vegetal com arroz é comum e pode atrair até quem não gosta de brócolis, já que o gosto sofre mudanças devido ao tempero com azeite, alho e sal a gosto.

BRÓCOLIS GRATINADO
Opção mais elaborada, mas menos trabalhosa do que se imagina. A massa com noz moscada e queijo parmesão complementam o sabor.

Você pode gostar