Atentado contra mesquita sunita deixa 30 mortos e 42 feridos no Iraque

Ataque ocorreu após reza muçulmana do meio-dia, quando fiéis deixavam mesquita

Por juliana.stefanelli

Bagdá (Iraque) - Pelo menos 30 pessoas morreram nesta sexta-feira e outras 42 ficaram feridas em um atentado com carro-bomba próximo a uma mesquita sunita na província de Diyala, no leste do Iraque, informou  uma fonte policial.

O atentado ocorreu pouco depois da reza muçulmana do meio-dia, quando os fiéis deixavam a mesquita Muhamad al Rasul Alá (Maomé, o profeta de Alá), situada na zona de Al Ozmania, a 15 quilômetros de Baquba, a capital de Diyala.

Após a explosão, as forças de segurança cercaram todos os acessos ao local, onde somente as ambulâncias podiam entrar para remover as vítimas. Na última quarta-feira, em um atentado semelhante, pelo menos 30 pessoas morreram e 55 ficaram feridas em um ataque suicida contra a mesquita xiita de Al Tamimi, situada na região de Al Kasra, no norte de Bagdá.

A violência aumentou consideravelmente no Iraque no último ano, sendo que, somente no último mês de agosto, 804 pessoas morreram no país. Segundo os dados da ONU, 5 mil civis morreram no Iraque somente neste ano.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia